contracultura espacial no capacete

13/1
Fabiane M. Borges: Contra Cultura Espacial – Uma fala sobre astro-futurismo, retro-futurismo, arte em órbita, ocupação espacial na era do fim do mundo, movimento dos sem satélites, astronave do-it-yourself, imaginário sideral, cosmogonias ameríndias, viagem no tempo, projeções sobre extrasterrestres, sonhos e delírios espaciais. (E pra comer: PF da Kadija).

treinamento de retidão

Estou aqui com minha amiga/irmã Juliana Dorneles que montou uma escola de equitação na Guarda do Embaú em Florianópolis e está fazendo treinamento de Retidão. É um trabalho bem específico de relação humanx-cavalx. Como Juliana é psicóloga clínica, e foi minha colega no doutorado no núcleo de subjetividade da puc/sp, ela junta elementos clínicos nos treinamentos, fortalecimento corporal e mental, auto confiança, auto-cura, etc. Claro que não faltaria o elemento clown, já que Juliana trabalhou anos como palhaça.

Estou muito feliz de estar passando por esse treinamento com ela.

aqui a página no facebook: https://www.facebook.com/cavalarice/

 

Esquizoanálise Antropofagizada no Instituto Pichón-Riviére – Porto Alegre

instituto pichon riviere

Image

Xamanismo como tecnologia do corpo: como aproximar mundos virtuais, informações e relações interespécies.

fabi-laymert-goethe.jpg

narrativas sobre o corpo morto-goethe institute

(Foto: Renan Abreu)

Encontro tecnoxamanismo São Paulo

tecnoxmanismo na luz.

ÁUDIO COMPLETO DA RODA DE CONVERSA – https://archive.org/details/tecnoxamanismo-casa-luz-sampa

Algumas fotos do encontro na Casa da Luz!!

Image

Corra Lola, Morra!

Corra Lola, Morra

por Fabiane M. Borges

Para ler completo aqui: Corra lola – morra

Corra Lola, morra, se bata no navio negreiro, leve a culpa da colonização nas costas. Segue tua escrita sem raiz. Levarás a culpa dos banidos, e dos autoritários agrupados em torno do gene que só fazem hierarquia no gene dos outros. APLAUSOS. Tudo raça, mas de outra etnia. No final existe o não falado, o absorto olhar perdido de quem esconde o fato. É uma correria. E nisso o que não importa, – não importa! E se se parece com o que importa, MATA!!

Elas se juntaram em bando e resolveram ser justiceiras. Exercer um pequeno fascínio ativista, delinquente. Treinamento. Só que estrábicas, despossuídas, pegam de bandida a desavisada, que está caminhando na praça e não tem motivo para assassinar, não naquela hora. Naquela hora está montando os corpos com órgãos aleatórios. Suas frankeistens. Os seios de uma, a língua da outra, o sonho do besouro escondido de traz das costas daquele totem, que parecia herói e ao mesmo tempo, inapto.

É que são inaptos os sonhadores. Eles medem consequências mas contabilizam tudo errado. Uma contabilidade tardia. Sem contenção. Ou tão convulsionada que se fragmenta.

Prepara Egyto

prepara egito

Image

Previous Older Entries Next Newer Entries

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.

Join 3,023 other followers

%d bloggers like this: