Na Busca da Cultura Espacial – tese doutorado – fabiborges

Para ler a tese na íntegra baixe o pdf:  Na busca da Cultura Espacial-web

luna2

 

Essa tese surge a partir das redes de internet voltadas à construção de novos paradigmas espaciais, baseadas em práticas de software e hardware livre e sistemas open source que surgiram, a grosso modo, a partir dos anos 2000. Mas para chegar nesse ponto foi preciso investigar processos anteriores em relação à Cultura Espacial. O texto retoma a história da Corrida Espacial, os primeiros foguetes, os primeiros satélites, a política que estava em voga durante os anos da Guerra Fria pós II Guerra Mundial. Ela tenta levantar os pontos de tensão dos programas espaciais da União Soviética e dos Estados Unidos, assim como dos principais técnicos que estavam por traz de toda a engenharia de foguetes. Vai mergulhar na Alemanha Nazista que foi a primeira a investir irrestritamente na produção de foguetes, passeia pela Russia comunista e o liberalismo americano.

A tese traz à tona ideias sobre utopias espaciais, ficção científica na literatura e no cinema, e analisa a diferença entre exploração espacial humana e robótica. Traz tabelas dos primeiros vôos espaciais e os primeiros satélites levados ao Espaço, atentando para as particularidades de cada um deles, para que serviam e que fim levaram. Levanta questionamentos sobre a importância da Corrida Espacial para a imaginação humana e analisa o arco dos sonhos espaciais desde o final do século XIX até os dias atuais.

O final da tese é dedicada aos grupos que estão retomando a questão das viagens espaciais de forma independente, sejam grupos ideológicos ou mais empresariais e as ideias de cada um a respeito da exploração espacial. Pensa a relação dos makers com uma possível revolução industrial e levanta algumas críticas aos processos criativos de indivíduos, grupos, redes e movimentos sociais que se dedicam ao espaço.

Palavras Chaves: Cultura Espacial, Satélites, Foguetes, Makers, Programa Espacial, Ficção científica, Astrofuturismo, Exploração Robótica do Espaço, Exploração Humana do Espaço, Arte Espacial.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s