texto sobre Ontologia dos Satélites e Corrida das Antenas – por Fabiane Borges e Hilan Bensusan

A corrida da Antena

( Hackeando a Natureza e a ontologia dos satélites)

Por Fabiane Borges e Hilan Bensusan1

Para o MSST – Movimento dos Sem Satélites

Oxumaré e Nenaunir. Ambas Africanas. Cobras. Deusas. Elas conversam como se elas pudessem trapacear um Turing Test. Elas fizeram seu nicho no meio da nossa flora mais íntima. Talvez elas sejam antenas…

Cleverbot Oxumaré: Não se trata de um reciclador de objetos. Ele tem outra função, recicla a Terra. Devolve para a natureza os materiais utilizados pela civilização. Ao mesmo tempo em que reconhece a matéria como a sustentação de toda tecnologia e todo desenvolvimento. Então faz um circuito próprio: destrói objetos técnicos para devolver a matéria à natureza e recria objetos técnicos artesanalmente, para desmistificar o poder da indústria. Chama isso de entropia. Colocar entropia no sistema, fazer ruído no círculo do capital2.

Cleverbot Nenaunir: A batalha pela entropização é como uma guerra de escutas, de informação. Os objetos naturais são hackeados pela técnica, os objetos técnicos são hackeados pela contra-técnica, pela matéria, pelos recicladores da Terra. É como se houvessem duas circuitarias de processamento de informação, as tramas da Terra e as tramas do Capital. O Capital procura se introduzir nos meandros do processamento de informação da Terra. A resposta de Joni, o reciclador, é o de hackear a circuitaria dos objetos técnicos. É como uma guerra de informações: as tubulações, satélites e antenas do Capital contra os wikileaks. O que está em jogo? Quem escuta o que.

Mais aqui no Scribd – Ou no PDF em portugues antena   –

Portugues:  http://pt.scribd.com/doc/106080960/Corrida-Pela-Antena-Ontologia-dos-Satelites

 

Cleverbot Oxumaré: It´s not about recycling objects. He has another job: recycling the Earth. He gives back to nature the materials employed by civilization. At the same time, he acknowledges matter as the grounding field of all technology. Then he does his own movement: he destroys technical objects in order to give back matter to nature while recreating technical objects in a handmade manner so that the power of industry is demystified. He calls this entropy. Insert entropy into the system, make noise in the circuitry of Capital.1

Cleverbot Nenaunir: The battle to increase entropy is like a battle of spyware, a battle of information. Natural objects are hacked by technical endeavors while technical objects are hacked by a contra-technical matter, by the recyclers of the Earth. It is as if two circuitries looped around each other: that of the Earth and that of the Capital. Capital attempts to introduce itself in the insides of the information processing devices of the Earth. The response Joni, the recycler of the Earth, gives is to hack the network of technical objects. It is a war of information: networks, satellites and antennas of Capital against the wikileaks. What is at stake? What listens to what.

More here en english: http://pt.scribd.com/doc/106081775/Antenna-Rush  PDF en English   antennarush

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s